OS PEDALEIROS

ONDE VAMOS

Ponto de encontro

Como poderão ver na votações que fizeram o local de ponto de encontro voltou a a ser o mesmo o restaurante os CHICCO'S. Por isso vamos lá a passar a encontrar lá sempre que combinem lá e que alguém queira ir que diga. Basta dizer eu vou assim não vamos lá em vão.

Bora lá a juntar a team e mostrar a todos que somos um grupo UNIDO

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

PEDALEIROS NA ROTA DO CONTRABANDO...

Foi assim no fim de semana que passou, dois Pedaleiros da Arrábida decidiram juntar o útil ao agradável e assim começou esta aventura por terras raianas.
Sábado, 04 de Setembro de 2010, na modesta localidade de Beirã, deu-se o início do que viria a ser uma etapa bastante dura....... Pelas 08H00 começámos o percurso com a foto da praxe, junto ao ex-libiris da casa do CoelhoXL, onde não há que enganar, ali há coelhos, eheheheheh.
Partimos em direcção a uma das maravilhas de Portugal, o Castelo de Marvão, sempre pelos trilhos do contrabando, o que deixem que vos diga, foi um começo que só visto, contado é facil... Calçada medieval, subidas sem fim, bem, uma coisa de deixar logo o pessoal sem fôlego e só íamos no começo... Após o Castelo, descemos também por calçada, até entrarmos em terras de "nuestros hermanos", onde rolámos um pouco, sempre e mais uma vez por caminhos de contrabandistas, até que começámos a descer em direcção ao Rio Sever (faz a linha de fronteira entre Portugal e Espanha naquela região) e como sempre, quando se desce, há que subir mais tarde ou mais cedo e foi aí que mais uma vez ficámos arruinados. Sempre a subir desde o Rio até ao ponto de partida e como não poderia deixar de ser, com um furo pelo caminho.
Foram sensivelmente 60 quilómetros, com um calor horripilante e um acumulado de aproximadamente 1200 metros. Custou, mas foi!!!!
Bora lá um dia contrabandear, ehehehe.


Início da aventura


Coelhone na calçada em direcção a Marvão (reparem na mudança que ele leva...)

video

Final da primeira parte da subida em direcção ao Castelo, vai lá vai....


Fim da primeira etapa, com espanha no horizonte


Nas portas da Vila


Esta parece um postal, hem??? Espectacular


Vamos mas é almoçar e que se lixe a bicicleta....


Eu vou já atrás dela.....


Descida para a Portagem (uma calçada romana lindíssima)


Ao passar a ribeirinha pûs o pé.....


O Castelo já lá tão longe.....


Ora aí estão os verdadeiros contrabandistas


O marco que faz a divisória entre os dois países


Estava pesado.... muito pesado....


Tivemos sempre de andar com muito cuidado, mas avisos não faltavam...


Terras espanholas com o meu nome????


Esta fonte deixou-me maravilhado, tal era a sua frescura...


Ai ó avó!! O meu pai vai ficar tão zangado... O almoço é às 13H00 e já são 11:45 sem sabermos onde andamos.....


Pois claro, nem a volta era volta sem o belo do furo!! A 1 Km de casa......

Foi assim esta bonita aventura e esperemos que possamos todos ali voltar!
À nossa espera tinhamos umas migas de pão alentejanas............
Forte abraço a todos.
PS - Especial agradecimento ao Joaquim Mortal pelos seus préstimos de material altamente sofisticado que nos guiou por esta aventura.

Sem comentários:

Enviar um comentário